Notícias da Semana: LinkedIn, Google e Facebook fazem mudanças visando o futuro

Às vezes você sente que sua vida, seu trabalho ou sua carreira precisam de uma mudança de rumo? Em caso positivo, saiba que está em boa companhia: LinkedIn, Google e Facebook anunciaram reconfigurações de rumo relevantes para seus respectivos futuros.

Se esse não é o seu caso, tudo bem, pode ser que você esteja num momento especial e tenha confiança que o tempo bom vai se manter. De qualquer forma, dê uma olhada nas notícias que separamos sobre esses gigantes de tecnologia e Marketing Digital.

Afinal, um dos segredos para alcançar resultados é saber prever as mudanças importantes para o futuro, e não esperar que elas sejam imediatamente necessárias. Ah, e não se esqueça de assinar a nossa newsletter, clicando no botão abaixo. Bora ler?

LinkedIn traz novidades para recrutadores e para quem procura emprego

O LinkedIn anunciou que grandes mudanças estão por vir, tanto para quem procura emprego quanto para que faz recrutamento pela plataforma. Nós chegamos, inclusive, a publicar um post exclusivo sobre isso, que você pode ler aqui.

Entre as novidades que terão rollout nos próximos meses, a rede social profissional apresentou testes para confirmação de habilidades, mais facilidade para pedir indicações e alertas de vagas que combinam com seus interesses.

Por outro lado, recrutadores terão uma experiência completamente renovada, contando inclusive com sugestões de candidatos feitas pelo próprio LinkedIn – a ideia é que ele vá aprendendo o que a empresa procura.

Links relacionados:

Google quer estar (ainda mais) por todas as partes

A semana foi também de Google Marketing Live, evento anual focado em produtos relacionados a ads. Foram divulgados seis novos tipos de anúncios, visando acompanhar os consumidores na jornada de compra, desde a descoberta até o fechamento do negócio.

A ideia é aproveitar que o Google está em diversas frentes das vidas das pessoas, fazendo assim com que os anúncios também se diferenciem em cada canal e etapa do funil. A empresa quer que os anunciantes confiem cada vez mais no Machine Learning para criar ads.

Mais uma vez, o Google reforçou a importância de entender o que seus usuários estão, de fato, procurando. Os anunciantes também precisam passar a trabalhar para entregar, de fato, essas respostas.

Link relacionado:

Facebook muda (mais uma vez) o algoritmo

O algoritmo do Facebook mudou mais uma vez. A companhia de Menlo Park divulgou que está usando os resultados de pesquisas feitas diretamente com seus usuários, para oferecer-lhes timelines melhores. Eles perguntaram quais pessoas e quais conteúdos eram mais relevantes, e somarão essas observações aos métodos anteriores de engajamento.

Em resumo, antes o Facebook tentava adivinhar o que seus usuários queriam, e agora resolveu perguntar.

O resultado será uma mistura desses dois métodos e, provavelmente, mais posts de amigos no seu feed.

O comunicado disse que não haveria mudanças para páginas de marcas e empresas, mas fica evidente que é cada vez mais importante oferecer conteúdo que engaje seus curtidores.

Links relacionados:

RD e LinkedIn lançam Kit de Ferramentas de Marketing de Conteúdo

Criar e publicar conteúdo com periodicidade constante pode ser um desafio, e nós sabemos bem disso! 😉 Por isso, estamos lançando – em parceria com o LinkedIn – o Kit de Ferramentas de Marketing de Conteúdo.

Em um só download, nós reunimos e estamos compartilhando recursos e soluções que a RD e o LinkedIn utilizam e recomendam para profissionais que querem fazer Marketing de Conteúdo. E é tudo gratuito, então aproveite! É só preencher os dados abaixo.

Marcadores:

Extraido de Notícias da Semana: LinkedIn, Google e Facebook fazem mudanças visando o futuro

Silvio Girotto

Amante de redes sociais, comunicadores instantãneos e de Marketing Digital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *