Twitter considera “esconder” likes e retweets para tornar plataforma mais saudável

O Twitter nos últimos tempos vem estudando maneiras de tornar sua plataforma um pouco mais saudável para seus usuários, especialmente depois que seguidas pesquisas apontaram que a rede social é dentro do atual cenário uma das (senão a) mais pesadas no campo emocional. Não tem sido fácil: embora várias medidas positivas tenham sido implementadas (incluindo a eliminação de perfis que ofendem transgêneros), algumas como a limpeza de bots e contas falsas mergulhou os relatórios financeiros da empresa em direção à crise, registrando quedas consecutivas e forçando a companhia a divulgar ao público mais dados do que gostaria.

Agora, porém, a rede social pelo visto pretende fazer suas alterações mais radicais desde sua criação em meados dos anos 2000, visando justamente alimentar os “debates saudáveis” que prometeu no começo deste ano. Na última segunda, os fundadores do Twitter Jack Dorsey e Biz Stone anunciaram ao público o lançamento de um protótipo intitulado twttr, que pretende simplificar e melhorar a “experiência” da plataforma por meio de mudanças simples.

O app novo conta com algumas mudanças pontuais que alimentam esta meta proposta pela empresa, incluindo coisas como códigos de cores para o sistema de replies e um “enxugamento” das threads e conversas dentro da plataforma (veja abaixo). Isso sem contar, claro, o “Stories” que a empresa planeja lançar em algum momento no futuro, de forma a potencializar o viés informativo do site.

A alteração mais impactante, porém, é que o twttr “esconde” os likes e retweets na timeline: mesmo se você tiver interesse em compartilhar ou favoritar certa publicação, é necessário que se clique no tweet para que as duas opções apareçam.

Esta proposta não é nova dentro da rede social. Pelo menos com o “curtir”, já faz algum tempo que pesquisadores no meio acadêmico afirmam que a ferramenta só incentiva o vício e a necessidade de validação externa entre os usuários, o que no fim de 2018 fez circular o boato de que o Twitter estava considerando deletar a opção do site.

Mudanças oficiais, entretanto, ainda não aconteceram dentro da plataforma principal, que continua a manter aparente as duas opções em todo tweet. É ver agora até aonde Jack Dorsey está determinado a melhorar sua criação.

Extraido de Twitter considera “esconder” likes e retweets para tornar plataforma mais saudável

Silvio Girotto

Amante de redes sociais, comunicadores instantãneos e de Marketing Digital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *