Relatório mostra os 10 países mais felizes (e os infelizes) para se viver

Saiu o World Happiness Report de 2019, relatório que mostra os países mais felizes para se viver, e também os que são os piores. Por mais um ano, a Finlândia ficou em primeiro lugar na lista positiva. Já no ranking negativo, o Sudão do Sul ficou no topo, como país mais infeliz

Segundo o relatório, quando considerado o crescimento populacional, a felicidade mundial caiu nos últimos anos. Já em relação às emoções, tem havido uma tendência de crescimento ascendente no afeto negativo, compreendendo emoções como preocupação, tristeza e raiva, especialmente na Ásia e na África, e mais recentemente em outros lugares.

Segundo o professor John Helliwell, co-editor do relatório: “Como as comunidades interagem umas com as outras, seja nas escolas, locais de trabalho, bairros ou nas mídias sociais, tem efeitos profundos na felicidade do mundo”.

Os 10 países mais felizes para se viver são:

  1. Finlândia
  2. Dinamarca
  3. Noruega
  4. Islândia
  5. Países Baixos
  6. Suíça
  7. Suécia
  8. Nova Zelândia
  9. Canadá
  10. Áustria

E os 10 países menos felizes são:

  1. Sudão do Sul
  2. República Centro-Africana
  3. Afeganistão
  4. Tanzânia
  5. Ruanda
  6. Iémen
  7. Malawi
  8. Síria
  9. Botsuana
  10. Haiti

O World Happiness Report analisa a felicidade dos cidadãos de 156 países. O relatório foi produzido em parceria com a Fundação Ernesto Illy.

Extraido de Relatório mostra os 10 países mais felizes (e os infelizes) para se viver

Silvio Girotto

Amante de redes sociais, comunicadores instantãneos e de Marketing Digital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *