Nova extensão do Chrome permite ocultar comentários tóxicos

Uma extensão experimental chamada Tune foi disponibilizada recentemente para ser instalada no Google Chrome. Criado em parceria com a Alphabet, a empresa por trás do Google, o plugin permite ao usuário ver os diferentes níveis de comentários rudes e tóxicos e mutá-los. Há inclusive um “modo zen”, que remove completamente os comentários de algumas plataformas, enquanto os “níveis de volume” permitem regular de acordo com o grau de toxicidade das mensagens (ataques, insultos, antissemitismo, etc).

A extensão utiliza machine learning para definir o que é tóxico e criar seus próprios parâmetros para separar os comentários por diferentes níveis. O Tune é disponibilizado pela Perspective, que já trabalhou com serviços semelhantes em veículos como o The New York Times e o The Guardian, que utilizaram para moderar os comentários em suas páginas.

O Tune ainda está sendo testado, e pode apresentar imprecisões em sua aplicação bem como defeitos de funcionamento. A ideia não é ser um meio definitivo para tornar os ambientes mais sadios, mas sim mostrar o potencial do machine learning, que pode ser utilizado para melhorar esses ambientes.

O interessante é pensar que, caso o Tune seja amplamente utilizado na internet, será como se comentaristas agressivos perdessem sua voz, já que seus ataques deixariam de ser visualizados por boa parte dos visitantes dos portais. O The Verge mostrou uma animação que exemplifica bem como funciona o Tune, clique aqui para ver.

Por ora, o Tune está disponível para YouTube, Reddit, Facebook, Twitter e Disqus (sistema de comentários independente que é anexado a boa parte dos blogs e sites da atualidade). É possível que, futuramente, seja expandido para mais plataformas, mas com as plataformas atuais, o Tune já cobre boa parte dos ambientes de discussão das redes sociais.

É interessante notar, porém, que no caso do Twitter o plugin pode ter uma aplicação diferente. Enquanto no YouTube e no Facebook, os comentários são algo menor dentro de uma publicação maior, no microblog os tweets com respostas ofensivas têm o mesmo formato dos tweets originais, ou seja, não são apenas respostas presas ao tweet original, mas sim tweets originais que se conectam com outros do tipo. O uso do Tune no Twitter, portanto, significa um silenciamento de tweets automático, algo que pode ser complementar ao que a plataforma já faz com sua ferramenta de silenciar.

Para instalar o Tune, clique aqui.

Extraido de Nova extensão do Chrome permite ocultar comentários tóxicos

Silvio Girotto

Amante de redes sociais, comunicadores instantãneos e de Marketing Digital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *