Mastercard muda campanha com jogadores depois de reclamação feita por Tite

A campanha “#JuntosSomos10”, da Mastercard, sofreu uma alteração depois que Tite, técnico da Seleção Brasileira, reclamou pressão que ela poderia colocar em dois jogadores: Neymar e Messi.

Basicamente, a “#JuntosSomos10” prometia doar 10 mil refeições a diferentes entidades assistenciais a cada gol que Neymar e Messi fizesse em partidas oficiais de março de 2018 até março de 2020, inclusive os marcados durante a Copa do Mundo na Rússia.

Apesar da boa intenção, Tite criticou a ação em uma entrevista antes do amistoso da Seleção contra a Croácia: “Mastercard, eu vou falar uma coisa para vocês. É muito bonita essa doação em relação a entidades assistenciais. Ela é linda e muito grande. Assim como grande é também vocês darem [refeições] a todos os atletas da Argentina e do Brasil [que marcarem gols]. A gente trabalha enquanto equipe. E talvez todos esses valores e esses gols que eles possam fazer, que é um fruto de equipe, possam se transformar nessa doação. Fica aqui a minha sugestão“, disse o treinador.

Segundo Tite, além do trabalho em equipe ser valorizado mais que apenas um único jogador, tanto Messi quanto Neymar poderiam sentir-se pressionados pela grande responsabilidade na doação das refeições.

Coma  sugestão, a Mastercard mudou, então, sua campanha. Agora,  a empresa doará de 1 milhão de refeições durante 2018,  independentemente dos gols marcados por Messi e Neymar, que seguem como embaixadores da campanha.

Em comunicado oficial, a empresa garante que: “Queremos reforçar que nosso compromisso global de 100 milhões de refeições vai além desta iniciativa e a Mastercard continuará sendo um dos muitos agentes engajados em reverter o ciclo da pobreza mundialmente“.

Desde o início da “#JuntosSomos10”, a Mastercard já entregou mais de 400 mil refeições às entidades participantes.

Fonte: by [author_name]

Silvio Girotto

Amante de redes sociais, comunicadores instantãneos e de Marketing Digital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *